terça-feira, 4 de outubro de 2011

Sábia Decisão

fazendeiroBelezura de moça que era, a Geraldina deu trabalho desde pequena. Era filha de seu Geraldo, um rico fazendeiro, que fazia todas as suas vontades. A garota foi estudar na cidade grande, fez faculdade e tudo.

Quando o pai tava todo orgulhoso, esperando que seguisse a carreira de advogada, a garota resolveu entrar na política.

Nessa coisa de reunião do partido, convenções que se alastravam madrugada a dentro, um dia ficou grávida e apareceu na fazenda com o culpado, um conhecido deputado matreiro e festeiro da região. O cara fez o pedido de casamento. o seu Geraldo respondeu:

-Mas de jeito manera arguma ! Num vô permiti uma coisa dessa.

E a dona Assuntina, mulher do seu Geraldo espantada:

- Ficô louco, homem ? E o nosso neto ? Num vai tê pai ?

E o fazendeiro: Pois é muié... Mas é mió tê um filho da @#@#@#@ na família do que dois, num acha ?

Nenhum comentário: