sábado, 30 de janeiro de 2016

Piadocas de Português



O português foi ao médico tomar uma injeção, chegando lá ele perguntou:

- Vai doer doutor?

O médico respondeu:

- Agora vai doer um pouco, mas mais tarde não.

O paciente contente então responde:

- Então eu volto mais tarde

*********************


- Por que você está tão abalado?

E Manoel, desolado diz:

- Acho melhor não falar nisso agora.

- Vamos me diga...

- Ah Maria, aconteceu uma tragédia...Estive no médico e ele me disse que eu vou ser castrado!

- Castrado?? Por quê???

- Peguei um tal de colesterol. E o doutor me disse com todas as letras que a única solução para mim é cortar os ovos!!!


*********************

Um cientista português queria fazer uma experiência com uma aranha. Ele queria descobrir qualquer coisa a respeito dela, que tinha 12 patas. Então ele pegou um bloco de papel, arrancou uma das patas dela, e disse:

- Anda aranha! Anda aranha!

E a aranha andou. Ele arrancou mais duas patas...

- Anda aranha! Anda aranha! - disse o português.

E ela andou... Então ele arrancou mais 3 patas... e foi arrancando e dizendo para aranha andar e ela sempre andava... Até que ela ficou só com uma pata, ele disse:

- Anda aranha! Anda aranha!

E lá foi a aranha se arrastando toda, mas conseguiu andar. Ele tirou, então, a última pata da aranha... e disse:

- Anda aranha! Anda aranha! Anda aranha...

E ela não andava... Aí, ele começou a gritar, todo feliz:

- DESCOBRI! DESCOBRI!... ARANHA SEM AS 4 PATAS FICA SURDA!!!

*********************

Tinha um primo do Manuel que à muitos anos sofria de um mal singular. 

Era só tomar um gole de café e já sentia uma forte pontada no olho esquerdo.

Não havia remédio que o curasse. E olha que ele adorava café. 

Até que um dia, um médico, amigo da família, o aconselhou:

- Oh, Joaquim! Por que não experimentas tirar a colherzinha de dentro da xícara?

Nenhum comentário: