segunda-feira, 6 de julho de 2015

O português de férias.



O português foi mandado embora do emprego. Juntou a indenização, 13o salário, férias e comprou um Opalão 72.

Reuniu a família (a mulher, dois filhos, a sogra, a empregada, a cunhada e o namorado) e desceu para a praia de Santos. 

No meio do caminho, um guarda deu sinal para parar:

- Desculpe-nos a amolação, o senhor terá que descer pela Imigrantes, a Via Anchieta está interditada.

- Seu guarda, o senhor não sabe o alívio que me deu... Pensei que o senhor tivesse me parado para dar uma multa. Sabes, comprei este carro ontem num ferro velho, não tive nem tempo de ver a documentação do veículo... 
O botijão de gás estava batendo muito lá atrás, por isso tive de amarrá-lo com os cintos de segurança, depois quis calçá-lo com o extintor, que eu até procurei mas não o achei... Ainda por cima, podes ver que o carro é para cinco pessoas, mas minha sogra insistiu em trazer a moça com o rapaz e estamos com excesso de passageiros...

    O guarda, pasmo, diz:

- O senhor sabia que eu posso tirar a sua carteira de motorista?

- Que bom seu guarda, eu estou tentando tirá-la faz um tempão e não consigo, se o senhor puder fazer-me este favor....

  A Maria vendo a besteira feita, estica o pescoço para consertar:

- Seu guarda, não liga não. O Manoel  quando bebe só fala besteira!!! 

Nenhum comentário: