sábado, 14 de julho de 2012

Táxi


táxi
Dois amigos, que como bons portugas se chamavam Joaquim e Manuel, resolveram comprar um táxi em sociedade. Depois de rodarem dia e noite pela cidade, durante um ano, sem pegar um único passageiro, decidiram desfazer o negócio, inconformados com o prejuízo. Fazem as contas e dividiram as perdas. Mas foi só o Joaquim descer do táxi que, já no primeiro quarteirão, o Manuel conseguiu o seu primeiro passageiro... 

Depois de deixar a sociedade no táxi, o Joaquim, se achando um azarado, estava meio deprimido. Como ele era muito tímido, comprou um carro para ver se arrumava alguma namorada.

Alguns dias depois conseguiu convencer uma bela morena a ir até a praia. Pensou consigo mesmo, "esta eu pego!” 

No dia combinado, botaram o carro na estrada. Depois de rodar cinqüenta quilômetros, Joaquim ganhou coragem e colocou uma mão no joelho da moça. Percebendo as intenções dele, pra facilitar, ela falou:

-Se quiser, pode ir mais adiante.

A animação bateu no coração do Joaquim, ele tirou a mão do joelho da garota, agarrou o volante, pisou fundo no acelerador e...
.
.
... dirigiu por mais 100 Km!

Um comentário:

Gustavo Henrique disse...

alguém sabe quem é o autor?