quarta-feira, 13 de junho de 2007

Espera do Português!

No trem Lisboa - Porto, viaja uma bela mulher, com um bebê no colo.Em sua frente, vai sentado um cavalheiro.
Subitamente, o bebê começa a chorar e a mulher tira o peito bem fornido e mete o mamilo na boca do infante. Contudo, a criança continua a chorar e a mulher diz-lhe:
- Meu filho, chupa a mama, senão dou-a a esse senhor à frente. O bebê adormece e, passados quinze minutos, volta a rebentar em choro.
E a cena se repete: - Meu filho, chupa a mama, senão quem vai chupar é este senhor aqui da frente.
A criancinha mama novamente, adormece e meia-hora depois acorda, a berrar desesperadamente. E assim continuou. A cena repetiu-se várias vezes.
Quando faltavam poucos quilômetros para chegar ao Porto, mais uma vez a pobre criança acorda e começa a berrar novamente. De repente, o cavalheiro se levanta e grita para a mulher:
- Ora, pois minha senhora! Veja lá se o menino se decide depressa! Eu já devia ter descido em Coimbra e cá ainda estou à espera da decisão do miúdo!

Contribua - Participe - Critique - Ajude
Envie seu e-mail para: gerenteblog@gmail.com

Nenhum comentário: